Veículos comerciais

Légende ci-dessous
Veículos comerciais

camiões

01_histoire_vehiculesutilitaires_camions_captureO primeiro camião da Citroën chegou ao mercado em outubro de 1926. Foi o B15, que ofereceu uma inédita capacidade de carga de 1000 kg. Nos anos 30, chegaram ao mercado várias versões, com os furgões C4 e C6, seguidos pelos Type 29, T32, T23 e T45.
Estes veículos continuavam a ser apreciados anos 50, pela sua fiabilidade e robustez.

Em setembro de 1953, ganharam uma nova cabine, mas apenas o T45 mudou o seu nome, passando a chamar-se T55, depois T46, T47, T48 ou T60, dependendo da versão e do motor.
A gama foi reformulada em outubro de 1965, quando adoptou a renomeada e ultramoderna cabine Belphégor. Depois de, em 1969, lançar a gama Berliet, a Citroën deixou de produzir camiões, em 1973.

Grandes furgões

02_histoire_vehiculesutilitaires_fourgons_captureEm junho de 1939, a Citroën deu início a uma pequena e silenciosa revolução no mercado de veículos comerciais ligeiros, com o TUB. Este furgão, com uma estrutura única, tração à frente, plano de carga baixo e porta lateral deslizante, abriu caminho aos comerciais ligeiros dos tempos modernos.

Depois da guerra, surgiu o Type H (lançado em agosto de 1948), construído com a experiência adquirida com o seu antecessor. Resistente e fiável, o Type H, gozou uma carreira particularmente longa, com a produção a terminar apenas a 14 de dezembro de 1981. Foi substituído pelo C35 (1974 – 1991), e pelo novo C25, lançado em janeiro de 1974.
O C35 e o C25 foram substituídos pelo Jumper/Relay e pelo Jumpy/Dispatch, lançados em março de 1994 e outubro de 1995, respetivamente. A segunda geração deste modelos chegou ao mercado em junho de 2006 para o Jumper/Relay e janeiro de 2007 para o Jumpy/Dispatch.

Pequenos furgões

03_histoire_vehiculesutilitaires_camionnettes_captureA Citroën sempre vendeu veículos comerciais ligeiros. Mesmo o 10HP, lançado em 1919, teve uma variante comercial. Durante os anos 20 e 30, os B2, 5HP, B12, B14, C4, C6, 8CV, 10CV e até o Traction Avant (11CV), seguiram a bem-sucedida linha de veículos comerciais ligeiros.

Depois da Segunda Guerra Mundial, o 2CV terminou a sua carreira comercial. Vendido em várias versões entre 1951 e 1978, foi substituído pelo Acadiane. Este modelo, baseado no Dyane, manteve-se em produção até 1987. Antes disso, foi apresentado o C15, em 1984.

Como resultado do seu sucesso, o C15 só conheceu o seu sucessor em 1996, com o Berlingo. Não obstante, o C15 continuou a sua carreira até 2006. A gama de veículos comerciais ligeiros compreende a primeira geração do Berlingo, o Nemo, lançado em 2008, e a segunda geração do Berlingo, apresentada em 2008.