Identidade

Légende ci-dessous
Identidade

CREATIVE TECHNOLOGIE

01_histoire_identite_creativetechnologie_captureEm 2009, num aceno à sua história, a Citroën revelou a sua nova imagem de marca, com a assinatura Créative Technologie, a 5 de fevereiro, dia de aniversário do seu fundador. Créative Technologie é a força por detrás da Citroën. Reflete todas as expressões da marca e marca o seu território natural e legítimo aos olhos do Mundo.

A criatividade fazer parte do ADN da Citroën. A tecnologia é uma questão essencial para os construtores automóveis. Créative Technologie siginifica mais do que as façanhas tecnlógicas e científicas. É uma procura incessante por por respostas a perguntas pertinentes e soluções inesperadas… para novos automóveis e serviços.
Mais do que uma simples assinatura, expressa um compromisso assumido pela Citroën.

ANDRÉ CITROËN

02_histoire_identite_andrecitroen_captureNascido a 5 de fevereiro de 1878, André Citroën é considerado uma das maiores figuras da história automóvel. Cidadão de Paris, viajou para os Estados Unidos, onde ambições globais para a marca. A sua excecional ambição não deixa dúvidas sobre o seu talento.

Tinha apenas 24 anos de idade quando criou a sua primeira companhia, La Société des Engrenages Citroën, que foi convertida numa empresa de produção automóvel após a Primeira Grande Guerra Mundial. which he converted into a car-making firm after the First World War. A ambição de André Citroën era criar automóveis acessíveis e usáveis no dia-a-dia.
Faleceu em julho de 1935. Longe de ser esquecido, a sua visão e o seu talento deixaram marcas que perduram até aos dias de hoje.

DOUBLE CHEVRON LOGO

03_histoire_identite_logo_captureNuma visita à Polónia, em 1900, André Citroën descobriu um equipamento de corte, baseado num design em forma de chevron. Viu esta tecnlogia como o significado para com começar a sua carreira como produtor de automóveis. Comprou a licença para o processo de fabricação automóvel e criou a sua primeira companhia, a La Société des Engrenages Citroën.

Em 1919, quando começou a produzir automóveis, André Citroën escolheu o double chevron como logotipo. O logo sofreu alterações ao longo do tempo, mas manteve o amarelo e o azul como cores até aos anos 80, quando a empresa pelo brando em fundo vermelho, para uma imagem mais dinâmica.
Em 2009, os chevrons perderam a sua moldura, dando lugar a uma image tridimensional, ganhando relevo, força e substância.